Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 07/10/2019 16:07:10

Paulo Dimas Mascaretti apresentou Projeto #SOMOSTODOSCASA para funcionários do Polo ABCD e diretores dos centros na terça (08/10)

 



Na última terça-feira (08 de outubro), no auditório do Senac de Santo André, o secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Paulo Dimas Mascaretti, apresentou o novo projeto direcionado à gestão humanizada para funcionários do Polo Regional ABCD (PRABCD), uma das 11 divisões regionais da Fundação CASA, e diretores dos 12 centros socioeducativos a ele subordinados, localizados em cinco cidades: Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema e Mauá, e em parte da Zona Leste de São Paulo. A Fundação CASA está passando por mudanças institucionais e o foco de uma delas é modernizar e inovar o serviço público paulista no atendimento a adolescentes autores de ato infracional, por meio do Projeto #SOMOSTODOSCASA.

“É uma nova ação institucional visando o contato direto com os colaboradores que trabalham no atendimento aos adolescentes, executando a atividade fim de prestação de serviço público de execução de medida socioeducativa”, afirma o secretário da Justiça.

A secretária-executiva da Justiça e Cidadania e vice-presidente da Fundação CASA, Ana Paula Bandeira Lins, também esteve presente e discutiu as novas iniciativas.

O Projeto #SOMOSTODOSCASA pretende gerar a integração entre as equipes das divisões regionais e dos centros socioeducativos, para identificar forças e pontos de melhoria para o aprimoramento da prestação de serviço de execução de medida socioeducativa no regime fechado – internação e semiliberdade. A meta é aproximar a executiva da ponta e, assim, proporcionar uma nova experiência de trabalho para os servidores.

As propostas estão sendo apresentadas em todas as 11 divisões regionais da Fundação CASA, que concentram 142 centros de atendimento socioeducativo, distribuídos em 52 cidades. O projeto já foi apresentado nas seguintes divisões regionais: Metropolitana Norte (DRM-V), o Complexo da Vila Maria, em São Paulo; Sudoeste (DRS), em Iaras; Oeste (DRO), na região de Marilia; e Norte (DRN), em Ribeirão Preto.

Além da apresentação das propostas, a programação ainda prevê a realização de duas oficinas de debates: uma entre a executiva da Fundação CASA e os funcionários da Divisão e dos centros e outra entre equipe do Polo e diretores de centros, para levantar proposições iniciais para o aprimoramento institucional.