Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 08/08/2019 16:10:40

Evento acontece nesta sexta (09/08), às 15h, no centro socioeducativo; Rapazes participaram do projeto Formar para Ressocializar

 

Um total de 60 adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Santo André I, em Santo André, recebem nesta sexta-feira (09 de agosto), às 15h, os certificados ou declarações de participação no projeto Formar para Ressocializar, promovido pelo Serviço de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa). Os garotos participaram de um curso de formação socioambiental. A entrega acontece no próprio centro socioeducativo da Fundação CASA.

O projeto Formar para Ressocializar é uma iniciativa do Semasa e visa a compartilhar informações sobre meio ambiente e formar jovens críticos e sustentáveis. O trabalho foi desenvolvido este ano, entre os meses de março e agosto. Em aulas teóricas e práticas, os jovens aprenderam a desenvolver conteúdos que possam proporcionar soluções para problemas ambientais.

Os trabalhos, feitos a partir de temas que correlacionam o homem, a natureza e o desenvolvimento sustentável, envolveram a criação de maquetes, poemas, cartazes e músicas com foco em temas como resíduos, recursos hídricos, poluição do ar, desmatamento e enchente. Eles serão expostos durante o evento.

Um dos trabalhos desenvolvidos pelos jovens foi a letra de um funk, que adverte sobre o equívoco de não se preocupar com o futuro do planeta e com a preservação ambiental. Diz um trecho da letra: “Tô fazendo esse funk pra deixar vocês cientes. Vamos cuidar do planeta e colaborar com a gente. Jogar o lixo no lixo, pra não causar enchente. Pra não prejudicar o nosso meio ambiente! Vou explicar pra vocês o motivo do alagamento. Pessoas não pensam no futuro, elas só vivem de momento”.

A cerimônia de entrega dos certificados terá com uma apresentação de ritmos brasileiros do grupo do Instituto São Jerônimo, composto por jovens da comunidade Cata Preta, em Santo André, e que vivem em situação de vulnerabilidade social.