Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 01/08/2016 17:04:37

Primeira das três edições do curso a distância começa nesta segunda (1º/08); material está disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem

 

A Escola para Formação e Capacitação Profissional (EFCP) da Fundação CASA realiza a partir desta segunda-feira (1º de agosto), por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), a 1ª edição do curso Formação Continuada da Área Administrativa.

Até agosto de 2017, o curso terá três edições, com cerca de quatro meses de duração cada uma. Cada edição possui quatro turmas, com 96 vagas oferecidas em cada e um tutor por turma. Nesta primeira edição, a formação a distância ocorrerá até o dia 30 de novembro.

O curso destina-se a agentes administrativos, agentes de apoio administrativo, analistas administrativos, especialistas administrativos, nutricionistas e funcionários comissionados que possuem cargo base na área administrativa.

Em cada edição serão 384 servidores contemplados, lotados em centros socioeducativos de todas as divisões regionais, na Sede, na própria EFCP e no Núcleo de Identificação e Documentação do Adolescente (NIDA). Os participantes estão inscritos no AVA e foram indicados pelas respectivas chefias.

A formação de 64 horas possui sete módulos, cada qual subdividido em tópicos, que variam de acordo com o conteúdo abordado. Os módulos são: introdução (sobre como utilizar o AVA, por meio da plataforma Moodle), administração pública, recursos humanos, finanças, suprimentos, logística e manutenção. Está disponível o módulo introdução.

Por ser uma forma de aprendizagem sequencial, cada módulo será sucessivamente disponibilizado pela equipe da Escola de Formação, conforme calendário prévio. Nele o funcionário encontrará materiais escritos para leitura, que podem ser utilizados on-line ou baixados em pen-drive. Os conteúdos são em conjunto com a Diretoria Administrativa (DA) da CASA.

A cada tópico existente no módulo, o usuário encontrará um questionário que avaliará o nível de aproveitamento do conteúdo. Essa avaliação comporá a porcentagem final de aprendizagem do curso para a concessão de certificado pela EFCP.

Para receber a certificação, o funcionário deverá alcançar o mínimo de 75% de aproveitamento da formação, medida a partir dos questionários. Caso o participante alcance entre 50% e menos de 75%, próximo do término da edição, a EFCP abrirá um prazo para que o usuário possa responder a eventual questionário esquecido ou refazê-lo. Se o funcionário alcançar menos de 50%, precisará refazer o curso.

“Indicamos que o funcionário estude até quatro horas por semana, adequando o tempo de estudo às suas atividades de trabalho, fazendo o acesso a partir do computador no local onde está lotado”, explicou Marcos Brunini, do Centro de Formação Continuada da EFCP.

Assim, o conteúdo para leitura não fica acumulado e o funcionário não perderá a primeira oportunidade de responder ao questionário do tópico, uma vez que cada tópico ficará disponível por cerca de uma semana.

Durante toda a formação, o participante conta com a ajuda de um tutor da sua turma. Por meio do fórum, disponível na plataforma Moodle, o usuário poderá deixar perguntas e também fazer considerações. Como o contato é totalmente pelo ambiente virtual, indica-se que o participante coloque uma foto em seu perfil no AVA para facilitar a identificação.

As duas próximas edições da formação acontecerão entre os meses de janeiro e abril de 2017 e maio e agosto do mesmo ano.