Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 25/03/2019 16:08:47

Deficientes visuais e cadeirantes participaram da atividade

 

Os adolescentes do CASA Peruíbe participaram, na última sexta-feira (22/03), de uma aula de capoeira inclusiva. Ministrada pelo mestre da modalidade, Marcio Rodrigues dos Santos, a atividade reuniu também os funcionários na quadra do centro.

Deficientes visuais, cadeirantes, pessoas em situação de vulnerabilidade social, todos em uma roda aprendendo de forma lúdica.

“Acreditamos que são práticas como essas que fortalecem as intenções da efetivação da ruptura do adolescente ao meio infracional”, comentou o coordenador pedagógico, Danilo Sant Anna da Silva. Para ele, a atividade proporcionou grandes reflexões. “Não há nada fora do alcance quando se tem um objetivo”, acrescentou.

A ação reforça a proposta desenvolvida no centro com o Comitê Institucional de Diretos Humanos e Diversidade, quanto das práticas de respeito à diversidade.

Criado em 1995, pelo professor Márcio Rodrigues dos Santos, o Capoeira Escola nasceu com o objetivo de melhorar a vivência motora e diminuir a obesidade infantil, porém com o avanço e sucesso do trabalho outras práticas foram atreladas, como a formação de crianças e jovens em estado de vulnerabilidade social e em seguida, buscando a inclusão social de pessoas com deficiências e sua reorganização neurológica.

 

 

 

 

 

.