Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 16/05/2019 11:56:42

Adolescentes prestam prova da 1ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática no dia 21 de maio

 

Nos centros socioeducativos da Fundação CASA, serão os professores da rede pública estadual, via escolas vinculadoras, que aplicarão as provas. A educação escolar na Fundação CASA é realizada em parceria com a Secretaria do Estado da Educação, com coordenação da Gerência de Educação Escolar (Gesc) da Fundação.Um total de 6.939 adolescentes que cumpre (ou cumpriu) medida socioeducativa de internação em 104 centros socioeducativos da Fundação CASA em todo o Estado de São Paulo presta no dia 21 de maio (terça-feira) a prova da 1ª fase da edição 2019 da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).

Os jovens, de ambos os sexos, são parte dos 18.158.665 alunos de 54.830 escolas públicas e particulares, de todo o Brasil, inscritos na competição do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) com os ministérios da Educação (MEC) e Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A iniciativa tem apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

A prova da 1ª fase é objetiva, composta por 20 questões de múltipla escolha. Os alunos terão duas horas e trinta minutos para responder – estudantes com deficiência que solicitarem auxílio terão tempo de 3h30. Os professores das próprias escolas aplicarão o teste.

A Fundação CASA inscreveu 1.536 adolescentes que se enquadram no "nível 1" da Olimpíada, pertencente ao 6º ou 7º ano do Ensino Fundamental; 2.479 no "nível 2", correspondente aos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental; e 2.924 no "nível 3", equivalente ao Ensino Médio. Os níveis da OBMEP correspondem às próprias etapas do Ensino Básico.

A divulgação dos classificados para a 2ª fase deve ocorrer no dia 05 de julho. Para essa etapa classificam-se os estudantes que obtiverem as maiores notas na prova, selecionados em ordem decrescente de nota, dentro do número máximo de vagas disponíveis para cada escola na etapa seguinte.

Os professores das próprias escolas irão corrigir as provas da primeira fase, conforme as instruções e os gabaritos elaborados pelo IMPA. A prova da 2ª fase está programada para o dia 28 de setembro.